Princípios bíblicos e práticos que envolvem a doutrina da Santificação (parte 01)

Princípios bíblicos e práticos que envolvem a doutrina da Santificação (parte 01)

Texto: Hb 13.20-22

INTRODUÇÃO

A santificação tem um papel prioritário na vida cristã. O apóstolo Paulo escrevendo sua carta aos gálatas deixou claro que os sinais de uma vida santificada se evidenciam no viver diário do crente (Gl 5.16-26). Este é um assunto, uma doutrina bíblica que precisa ser posta em elevada estima entre os verdadeiros seguidores do Senhor Jesus Cristo. Em sua oração sacerdotal que fez em favor de todos os seus discípulos, o próprio Senhor Jesus tratou deste assunto junto ao pai quando declarou: “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo. E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade” (João 17.17-19).

1.A SANTIDADE É VISÍVEL AOS OLHOS HUMANOS

Não acontece apenas nas relações invisíveis entre o crente e Deus, mas se manifesta de modo prático na vida de todos os que foram regenerados. A palavra de Deus nos exorta a nos santificarmos diariamente pela mortificação da natureza pecaminosa e pelo revestimento das virtudes cristãs (Cl 3.1-6; Rm 6.11-14,22). Todo discípulo de Jesus Cristo deve sentir a necessidade diária e prática de ter a vida separada do pecado e apegada aos valores cristãos.

2.A SANTIDADE PODE SER EXPERIMENTADA E VIVENCIADA

O cristão unido espiritualmente a Cristo Jesus experimenta e vivencia a santidade bíblica de muitas maneiras. Dentre elas podemos destacar algumas:

2.1.Obtendo vitória sobre as tentações interiores e exteriores (1 Co 10.12,13; Rm 8.35-37)

2.2.Produzindo as virtudes do fruto do Espírito Santo (Gl 5.22,23)

2.3.Alcançando vitória sobre a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida (1 Jo 2.15-17)

2.4.Sendo transformado pela renovação da mente (Rm 12.1,2)

2.5.Resistindo ao diabo (Tg 4.7-10).

III.A SANTIDADE PRECISA DA PRÁTICA DEVOCIONAL 

Uma vida de constante comunhão e devoção a Deus é um meio indispensável para alcançarmos a santidade.

3.1.A leitura diária da Bíblia (Js 1.8; Sl 119.105; Mt 4.4; 22.29)

3.2.A meditação constante na Palavra de Deus (Sl 1.1,2)

3.3.A oração perseverante (Mt 26.40; Ef 6.18; 1 Ts 5.17; Sl 55.17).

CONCLUSÃO/APLICAÇÃO

Como é possível que alguns crentes consigam passar vários dias sem ler a palavra de Deus, sem meditar nela e sem buscar a Deus em oração? Assim como o corpo físico necessita diariamente de água e alimento para poder manter-se vivo e saudável, assim precisamos, diariamente da oração e da palavra de Deus para nos mantermos em comunhão santidade.

Pr. Rayfran Batista da Silva.
Assembleia de Deus em Santa Inês – MA.       

ÁREA DO MINISTRO