36º Congresso Estadual de Missionárias e Dirigentes de Círculo de Oração

Minhas queridas irmãs, saudações cristãs.

Escrevo-lhe nesta oportunidade para tornar público minha gratidão a Deus por esses anos que temos servido ao senhor juntamente com você em nossa UNEOMAD. Momentos marcantes de comunhão e louvor a Deus.

Sabemos que ser esposa de pastor, sempre foi um grande desafio, em especial pelas expectativas que os irmãos criam em relação a nós, mas, ao mesmo tempo, é uma honra caminhar, chorar, sorrir, dormir e acordar ao lado de alguém que foi separado por Deus para ser seu ministro aqui na terra. Alguém que um dia achou uma mulher que o escolheu e ele a escolheu para estarem juntos, até que a morte os separe. A casa e os bens vêm como herança dos pais, mas do SENHOR, a esposa prudente (Pv 18.22). Nós sabemos que quem caminha sozinho pode até chegar, mas quem caminha acompanhado chega melhor e mais rápido.

Louvado seja Deus que viu em nós, missionárias esposas de pastores, capacidade também de cuidar de um rebanho, seja ele pequeno ou grande, mas aquele que o Senhor confiou juntamente com seu esposo.

Muitos pensam que ser esposa de pastor é ser celebridade, é ocupar sempre o primeiro lugar nas cadeiras da igreja, é receber homenagens, é ser servida sempre, mas quando recebemos de Deus singular oportunidade, entendemos que ser esposa de pastor é acima de tudo conhecer na prática o princípio da mordomia cristã.

O conhecimento deste princípio nos faz entender que ser esposa de pastor é ter Cristo como exemplo, lembrando que ele como Senhor e Mestre lavou os pés dos seus discípulos e nos disse: “Fazei vos assim também!”(S. João 13.14 e 15).

Ser esposa de pastor é viver a vida do próximo, é sorrir publicamente quando choramos escondido; é não possuir vontade própria, é aceitar as escolhas de Deus em detrimento as nossas! Ser esposa de pastor é muitas vezes perder sua própria identidade, é ser simplesmente a “Esposa do Pastor”, é amar mesmo quando não recebemos a retribuição deste amor, é conhecer na prática o amor ágape. Ser esposa de pastor é ser você, escolhida entre as chamadas! Por isso minha querida seja firme e constante, sempre abundante na obra do Senhor, sabendo que é dele que vem a sua, a nossa recompensa. Parabéns as minhas queridas amigas esposas de pastores de Sergipe, do Brasil e do mundo, que possamos produzir mais frutos e que as nossas mãos continuem firmes no arado. Seu esposo e também o Senhor da Seara conta contigo!

Às Dirigentes de Círculo de Oração que são guerreiras, o nosso apreço, consideração e o nosso reconhecimento pelo seu labor e cooperação na obra do Senhor. Que o Deus dos Céus se digne em recompensar porque certamente o vosso trabalho não será em vão.

De sua amiga e irmã em Cristo,
Miss. Conceição Damasceno
Presidente da UNEOMAD

ÁREA DO MINISTRO