Você está em: Noticias
1,4 mulheres de oração celebraram no 32º Congresso em Barra do Corda
congresso senhoras01
 “Crescendo com Propósito” (2Pe 3.18) foi o tema do 32º Congresso de Dirigentes de Círculo de Oracão e Missionárias-Esposas de Obreiros,  realizado pela Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Maranhão (Ceadema), liderada pelo pastor Pedro Aldi Damasceno.  O evento aconteceu  de 23 a 25 de julho no Katedral eventos , em Barra do Corda.
Segundo o pastor Pedro Aldi, o evento superou as expectativas em termos de organização por parte da AD em Barra do Corda. “Entendemos que este 32º Congresso marcou a vida de centenas de participantes em matéria de espiritualidade. A presença de Deus foi determinante. Mas o empenho e desdobramento da equipe local conduzida de forma maestral pelo mui digno Pr. Silvestre me chamou muito atenção. A quem parabenizo pelo dinamismo”.
A abertura contou com a participação de milhares de irmãos e superlotou o espaço que acomoda 5 mil pessoas sentadas. O pastor Genival Bentho, de Maceió-AL, ministrou com ousadia sobre o tema do evento “Crescendo com Propósito”. Sua prédica fez alusão, inclusive, aos benefícios espirituais a partir do despertamento para buscar os dons, o que alegrou muitíssimo as congressistas. No culto, foi constatada a participação de mais de 80 municípios e campos de atividades pastorais.
Além do pastor Genival Bentho, atuaram como preletores:  Miss. Aparecida Borges (RN), Pr. Osiel Gomes e Pr. Walberto Magalhães.
A temática do Congresso foi definida a partir do reconhecimento da intensa atividade e da força da liderança das irmãs dirigentes de trabalhos de oração que na sua maioria são constituídas pelas próprias esposas dos pastores. Pois, o crescimento populacional na/da Igreja que é visível nestes últimos dias e o Círculo de Oração também é responsável por ele. Por isso as irmãs dirigentes precisam aprender como organizar seu trabalho sem desprezar a essência do cristianismo e os costumes assembleianos. O crescimento da Igreja trouxe muitas mulheres com pouco conhecimento doutrinário para ocupar cargos de liderança e isso pode influenciar comportamentos e costumes que não coadunam com virtudes de quem optou por uma vida de oração. O subtema “Círculo de Oração: identidade e responsabilidade pentecostal” trabalhado pelo pastor Genival Bentho teve justamente esta proposta de alcance.
Enquanto “Espiritualidade x Emocionalismo na Igreja” ministrado pelo pastor Osiel Gomes se pensou pelo fato de muitas pessoas confundirem emocionalismo com espiritualidade cristã e as consequências disso são graves. “Saciar as emoções está sendo mais promovido que revitalizar o espírito pelas lágrimas da oração e consciência da Palavra de Deus”, afirmou o pastor Osiel.
A preletora Aparecida Borges que foi muito elogiada pela atuação forte, trabalhou o subtema “Diretrizes Pentecostais para a liderança feminina na Igreja” com ênfase no ministério de intercessão.  O que segundo ela “precisa ser vivenciado na Igreja de tal forma que Deus o aceite como oferta agradável, assim a Dirigente do Circulo de Oração precisa saber quais são as bases estruturais da liderança cristã para, a partir delas, organizar seu plano de trabalho”.
O subtema “Equipes de Trabalho no serviço cristão: cuidados com sua formação e crescimento”, trabalhado pelo Pastor Walaberto Magalhães justificou pelos cuidados espirituais e psicológicos no recrutamento de pessoas para trabalhar no Círculo de Oração e as advertências necessárias para a sua multiplicação, considerando o costume assembleiano.
“Os ministrantes foram instrumentos maravilhosos nas mãos de Deus. Esperamos em Deus que o que foi aprendido contribua de forma decisiva para o fortalecimento da fé de todos os participantes. Que o conhecimento da Palavra tenha sido ampliado, a fim de que os passos sejam cada dia mais firmes e as ações mais consistentes no serviço do Reino de Deus. Refiro-me à intercessão, à evangelização e ao discipulado”, declarou o pastor Pedro Aldi Damasceno.
Dados da organização deram conta de que 1,4 mulheres se inscreveram para participar do Congresso. Mas o que difere de outros eventos é a forma intensa e fervorosa de participar destas irmãs congressistas. “nas plenárias da manhã, por exemplo, muitas delas chegaram antes das 6h, disse um jovem da equipe de recepção.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *. Obs.: Enviando este comentário você estará garantindo uma licença perpétua para reproduzir aqui sua opinião, nome e site. Comentários ofensivos ou inapropriados serão removidos. Seu e-mail é usado apenas para fins de verificação, e não será publicado ou compartilhado de forma alguma..